Reencaminhamento de portas – (port forward e virtual server)

 

Por vezes existem aplicações do nosso computador ou até mesmo equipamentos que necessitam de ter “portas abertas” para o exterior da nossa rede. O termo vulgarmente utilizado é “abrir portas”. No exemplo que vou demonstrar neste artigo além de abrir as portas, o meu Router permite fazer o reencaminhamento dessas mesmas portas para o endereço IP do equipamento onde queremos que aquelas portas estejam à escuta. A isto chama-se Port Forward ou Virtual Server.

Veja agora o exemplo de Virtual Server no Router ASUS RT-N10:

Através do Browser aceda a interface do seu Router ( no me caso o endereço é 192.168.0.1 , o seu pode ser outro. O endereço por defeito do ASUS RT-N10 é 192.168.1.1 ).

Depois introduza o nome de utilizador e a sua senha. Se nunca entrou na interface de gestão, consulte no manual do seu Router as informações de login.

 

Depois de aceder a interface do seu Router procure o menu Port Forward ou Virtual Server. Este menu pode estar contido dentro de um outro menu como se verifica no meu caso em que o menu Virtual Server está contido no menu WAN.

 

Após encontrar o menu, pode então proceder a ativação do reencaminhamento de portas. Siga o exemplo de configuração do Router ASUS RT-N10, pois no seu caso o processo deverá ser muito similar.

Em primeiro lugar terá de ativar a opção “Enable Virtual Server“. Deste modo já pode reencaminhar os pacotes que entram na sua rede pelo exterior.

Siga o meu exemplo “teste” Neste caso tudo o que vier do exterior que tenha como destino a porta 55 será reencaminhado para o equipamento da rede que tenha o endereço IP 192.168.0.115.

Em resumo:

Port Range ( pode ser um intervalo de portas separadas com “-” ou “,” depende do seu modelo do Router): Porta do exterior que quer “escutar”, “abrir”.

Local IP: endereço IP para onde irão ser reencaminhados os pacotes que entraram do exterior da sua rede na porta 55.

Local Port: porta para onde irão ser reencaminhados os pacotes que entraram do exterior da sua rede na porta 55 (normalmente é a mesma que entra).

Protocol: você pode decidir se quer encaminhar os pacotes TCP ou UDP. Dependendo os casos poderá ter de reencaminhar ambos (BOTH).

Depois é só clicar em “ADD” para adicionar a entrada ao registo do Virtual Server e clicar em “Apply” para confirmar as alterações.

 

Como pode verificar no meu caso, eu tenho reencaminhamento de portas para o meu servidor WEB (porto 80) e para as portas da PS3 para me poder conectar com outros jogadores no modo Online. Este processo serve para qualquer equipamento ou aplicação desde que saiba as portas certas 😉

Tags: , , , , , , ,

4 Comentários para Reencaminhamento de portas – (port forward e virtual server)

  1. Michael diz:

    amigo q ip eu coloco nesse ip local.

    • francisco bezerra diz:

      Coloca o IP do dispositivo/máquina que vc quer liberar uma porta. Por exemplo, eu instalo DVR para câmeras e preciso liberar algumas portas para que meus clientes acessem via celular, então vou no roteador e libero essas portas e redireciono as mesmas para o IP do DVR. Caso vc queira liberar portas no seu computador pessoal para utilização de algum serviço que exija a liberação de portas, você deve aplicar um IP fixo na sua máquina (você faz isso nas configuraçoes de rede do windows/linux/mac) e entrando nas configurações do roteador(acessando o roteador por um navegador) apontar/liberar essas portas para o IP da sua máquina. Abraço.

  2. Ernande diz:

    Obrigado, estava com dúvida de como proceder para abrir porta nesse roteador. vlw…

  3. Pingback: Remote Desktop Windows (Ligação Ambiente Trabalho Remoto) | Informática na Web

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Voltar para cima ↑
  • No Facebook:





  • Parceiros:




  • Comentários recentes

  • Categorias